Páginas

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Porque guardar roupa velha dentro da gaveta é como ocupar o coração com alguém que não lhe serve.


A gente finge que arruma o guarda-roupa, arruma o quarto, arruma a bagunça. Tira aquele tanto de coisa que não serve, porque ocupar espaço com coisas velhas não dá. As coisas novas querem entrar. Tanta coisa bonita nas lojas por aí... Mas a gente nunca tira tudo. Sempre as esconde aqui, esconde ali, finge para si mesmo que ainda serve. A gente sabe. Que tá curta, pequeno, apertado. É que a gente queria tanto. Tanto. Acredito que arrumar a bagunça da vida é como arrumar a bagunça do quarto. Tirar tudo, rever roupas e sapatos, experimentar e ver o que ainda serve, jogar fora algumas coisas, outras separar para doação. Isso pode servir melhor para outra pessoa. Hora de deixar ir. Alguém precisa mais do que você. Se livrar. Deixar pra trás. Algumas coisas não servem mais. Você sabe. Chega. Porque guardar roupa velha dentro da gaveta é como ocupar o coração com alguém que não lhe serve. Perca de espaço, tempo, paciência e sentimento. Tem tanta gente interessante por aí querendo entrar. Deixa. Deixa entrar: na vida, no coração, na cabeça.
                   Caio F.
Sim,estou deixando coisas sairem e entrarem na vida,coração e cabeça.
Fiquei afastada do blog por alguns dias por falta de computador,mas planejo fazer alguma mudanças por aqui e pretendo postar muito antes de viajar.Em breve respondo aos comentários,beijos.

3 comentários:

Lívea Colares disse...

E não há melhor época pra fazer mudanças como essa que no ano novo!!

Luiza disse...

ah ótimo trecho do Caio guria. um ano maravilhoso pra você, e muito obrigada por todas as palavras lindas que já deixastes l[a no blog, me fizeram muito feliz. beijos

giulia s. farias disse...

É verdade, tão difícil se livrar dessas coisas... Bom, aproveitando que estou passando aqui: Feliz Ano Novo :D