Páginas

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Ser feliz enjoa-me facilmente.É entediante acordar sempre com um belo sorriso e dormir com o mesmo sorriso amarelado e nem um pouco forçado.Claro que isso tem a ver com amor,é sempre ele moleque travesso da esquina.Amar a si próprio,e principalmente dar e receber amor.Só não gosto quando a felicidade se torna coisa vulgarizada,estampada em revistas fúteis para adolescentes com uma super matéria "15 dicas infalíveis para conquistar o menino dos seus sonhos!"Felicidade não pode ser vendida em loja para grã-fino,e ela logo passa.
Ela pode estar bem aí e tu fica desesperada a procurando que nem percebe sua presença,ela está nas pequenas coisas.Mas não se engane,só se consegue a felicidade depois de muita luta,muitos tropeços,muitas lágrimas derramadas e principalmente quando se aprende que não existe o felizes para sempre,mas existe o felizes por meros segundos e quando damos valor a cada pequeno grande momento.

6 comentários:

Livyale disse...

Será que nao existe mesmo o felizes para sempre?
talvez exista, so que nao da forma como pensamos que seja. Talvez o felizes para sempre seja conseguir sentir-se bem consigo mesmo, conseguir esclarecer para si mesma que pod se magoar e que isso tudo faz parte da vida e do destino. Faz parte do que precisamos para descobrirmos que somos de verdade.
Ach que o felizes para sempre é muito mais do que o q a nossa mente acha ser pelo conceito malcriado de felicidde.

@DannVieiira disse...

Felicidade não se vende. Felicidade não se mete. Ela simplesmente aparece. E nós só a sentimos depois que ela passa.

Camila disse...

A felicidade talvez seja o que há de mais pessoal, depende da gente encontrar ela através de toda e qualquer coisa.
Gostei hein ;*

Ariana disse...

Pra mim a felicidade esta nos momentos e nas coisas mais simples, no inesperado!

Belo post, adorei o blog!


Beijos

Daniella Ockner disse...

Pequenas coisas podem se mostrar mais intensas do grandes acontecimentos que nada nos fizeram sentir. Se é para buscar felicidade, que seja onde haja verdade :)
Um beijo !

Luiza disse...

isso ai! é bem essa forma de pensar que temos que ter, nem aceitar a felicidade que os outros nos impõe. gostei flor, beijões