Páginas

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Luiza


Ela é apenas uma fruta que não estava madura e caiu do pé por ser estupidamente arrancada por algum menino que desconhecia as regras da natureza.Uma garota que se diz mimada,mas que na realidade não para de mimar os outros.Ela que não sabe negar amor,que é extremamente romântica e ainda assim vive feliz,sem se lembrar do atraso do príncipe que mais parece a Bela Adormecida.E a nossa Alice apressa-se somente quando sente um fundo aperto no peito,um buraco enorme que na verdade não passa de caixa emaranhada de pertences sentimentais não inaproveitáveis,mas momentaneamente inúteis.

A futura ex-nostálgica como bem gosta de dizer, frase que soa tão doce em seus lábios que nunca causarão diabetes, no máximo uma leve dorzinha no estômago causado por deixar esse doce maravilhoso se deteriorar. A futura ex-nostálgica, repete novamente,pois será sempre a futura ex-nostálgica.Oh Meu Deus,ela que vive sem gritar o ai que a vida merece,amando e engolindo a seco o eco de sua voz.Seu nome a justifica:lutadora.

A criança que não brinca com boneca e sim com palavras. A mulher que desafia a vida com seu caderno de historinhas tão bem contadas, a melhor categoria de escritora existente:a que sente acima de tudo.
Ela que foge de finais assim como se aproxima inocentemente do lobo mal, flor de lis que és. Como queria dar-te o prêmio que mereces oh Luiza, por apesar de tudo continuar vivendo e nos encantando com tua beleza de cair triunfante de borboleta. Não te darei final, deixar-te-ei toda uma vida em branco para colorir com teu belo sorriso...

3 comentários:

Luiza disse...

Flor, não sei se esse texto é pra mim, mas tem meu nome e eu me identifiquei e MUITO. Se for pra mim, amei e achei que realmente me descreveu e ficou a minha cara. E te agradeço imensamente, até postaria-o no blog. Do contrário, está lindo e eu realmente sou parecida com essa Luiza. Um beijão.

Luiza disse...

Ah então ele é meu! Amei amei amei e muito obrigada por isso, gosto muito de saber como sou vista pelos outros. Tu é muito querida, agradeço do fundo do meu coração o teu carinho, e te retribuo. Um beijão e obrigada, amei mesmo.

Daniela Filipini disse...

Que maneira linda e doce de se ver alguém. Algumas pessoas são simplesmente inexplicáveis - e pelo que notei você acabou de descrever uma delas.