Páginas

sábado, 11 de setembro de 2010

Suposições,ainda...

Então,ela conseguiu realizar todos os seus sonhos.Finalmente,Paris.Ela e sua aparente liberdade,admiravam a Torre Eiffel.Mas faltava algo,a olhando de frente poderíamos ver as lágrimas manchando uma maquiagem leve,romântica,assim como ela.Bem no fundo,sentia um imenso arrependimento,uma estranha vontade de ter se prendido a alguém,a ele.Mas ela escolheu,foi feliz,por alguns poucos segundos.A realidade era dilacerante,mas não pudia voltar atrás.Ela,seus sonhos e sua eterna dúvida,de como seria se houvesse continuado ali,naquela pequena cidade e ter continuado com ele.

E eu tenho que parar de me martilizar por escolhas que nem mesmo tomei.

5 comentários:

Tatiane Lemos disse...

Nossa, a gente pode ir até pro paraíso, mas sem aquele pedaço que nos completa, não adianta nada né flor*

Beijos querida!

Camila Mancio. disse...

que texto lindo,
um beijo.

Renata disse...

Porque Paris é muito romãntica e conseguir chegar lá, só que sem ninguém do lado é realmente dilacerante. Mas vão haver outros, sempre tem...

Camila disse...

"E eu tenho que parar de me martirizar por escolhas que nem mesmo tomei" Aaai essa é a frase que eu tenho que repetir pra mim msm todo dia! Me indentifiquei mais que tudo com ela!
E muitíssimo obrigada por repassar os selinhos pra mim, viu? Adorei ;*

Giselle Previatto' disse...

As vezes quando realizamos um sonho' pode ser que nos privemos de outro'
Suposições de uma súbita e repentina felicidade, que pode se acabar junto a esse antigo sonhar '

Belo post'
beijos carinhosos :*